Blog

Redes híbridas são boas opções para provedores

Com o aumento cada vez maior de banda e a exigência de padrões bastante robustos para isso, a fibra óptica (principalmente o padrão GPON) tem sido hoje a melhor tecnologia de rede. No entanto, por conta do custo um pouco elevado para implantar uma rede completamente baseada em fibra óptica, redes híbridas podem ser a solução para diminuir custos e aproveitar estruturas pré-existentes.

Redes híbridas de radiofrequência (RF) e GPON são um ótimo exemplo, chamadas de Radio over Fiber (RoF). O sinal de RF chega aos usuários por meio de ondas de rádio e as torres são interligadas via fibra óptica. Essa combinação viabiliza a distribuição de zonas que têm acesso à internet (hotspots), interligadas por meio de fibra óptica. O sistema RoF recebe os dados de radiofrequência do roteador, transportando-os via fibras óticas, e assim, formando uma arquitetura de longo alcance e taxa alta, com a utilização de antenas distribuídas, com capacidade de atendimento a milhares de usuários.

Outro exemplo de redes híbridas é a HFC, formada por fibra óptica e HPNA. Essa solução pode, por exemplo, distribuir a internet dentro de condomínios, após esta ter vindo até o local via fibra óptica. Desta forma, os cabos já existentes, que distribuem o sinal de TV de antenas coletivas, podem ser reaproveitados. A estabilidade do sinal de dados é mantida, já que a frequência do sinal de TV não é capaz de causar interferência. Dessa forma, o provedor não precisará investir em uma rede toda de fibra.

O seu provedor utiliza uma rede híbrida? Conte-nos sobre a sua experiência.

Compartilhar:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()