Blog

Por que você deve preferir redes FTTA em ligações para condomínios

Por utilizar fibra óptica, a rede FTTA apresenta estrutura mais robusta e eficaz, dá a opção de oferecer triple play e IPTV, além de não exigir tanta manutenção

Entregar o link até os apartamentos por meio da fibra óptica. Esse é o propósito da rede FTTA (Fiber-To-The-Apartment, no termo em inglês), uma arquitetura de rede óptica indicada a condomínios ou prédios comerciais. Neste post, queremos explicar como funciona, os benefícios e a aplicação dessa modalidade de projeto de rede.

O atendimento a um prédio que necessite de uma rede FTTA pode ser feito de duas formas:

1. Conectar uma saída de um splitter externo diretamente à sala de telecom do prédio e a partir desta fazer o atendimento interno

2. Fazer uma rede ponto a ponto entre o provedor e o prédio, alocando uma OLT na sala de telecom

No caminho percorrido ao longo do prédio, até uma sala de telecom, a fibra óptica da rede FTTA sofre uma divisão de sinal por meio de splitters ópticos. Isso acontece para que a arquitetura implantada possa atender a todos os clientes. Outra maneira de garantir esse processo pode ser com a alocação de uma OLT – concentrador de rede xPON. Dessa forma, há o atendimento do prédio como um todo.

No entanto, essa segunda alternativa de instalação da rede FTTA é indicada apenas em situações nas quais existem muitas unidades de apartamentos ou escritórios. Da mesma forma, recomendamos o uso de um concentrador interno a fim de garantir a estrutura da arquitetura de rede óptica.

Todo esse processo é capaz de oferecer serviços de qualidade superior – afinal, estamos falando de uma rede totalmente estruturada em fibra óptica. Por se tratarem de cabos ópticos, há a facilidade na passagem de dutos internos. Nessa situação, um mesmo cabo consegue atender um número maior de clientes e, ao mesmo tempo, com qualidade superior quando comparado as demais redes cabeadas.

Também é válido destacar que, por ser de alta capacidade, confiabilidade e gerenciamento, uma rede FTTA é capaz de oferecer serviço triple-play (dados, voz e TV), inclusive IPTV, diretamente na unidade do assinante. Por fim, outro benefício: a estrutura apresenta menor necessidade de manutenção por não sofrer tanta corrosão, interferência, surtos elétricos e descargas atmosféricas.

Restou alguma dúvida sobre o tema ou deseja contribuir de alguma forma? Compartilhe conosco pelo espaço dos comentários.

Compartilhar:

2 comentários sobre "Por que você deve preferir redes FTTA em ligações para condomínios"

  • Olá,
    Gostaria de saber se a Cianet tem alguma solução para cabeamento interno em prédios, como algum cordão de fibra óptica mais fino e que não ofereça tanta resistência à passagem nos dutos.
    Os cabos drops convencionais possuem diâmetro um pouco elevado, o que satura rapidamente uma tubulação ja em uso, como geralmente ocorre.

    Grato.

    • Olá Jânio,
      A Cianet possui modelo de cabo drop interno, o cabo drop Low Friction. Além de poder utilizá-lo com conectores pré polidos, este cabo tem uma dimensão reduzida de 2mmX3mm. Esta dimensão junto com o sistema de reforço do cabo, que acaba servindo como uma guia de cabos, facilitam a passagem do cabo em dutos congestionados. Este cabo também conta com fibra do tipo G657A2, que faz com que este possa ter um raio de curvatura de 10mm sem alteração na atenuação da fibra.

      Mais informações, contate a sua consultora. Caso não seja cliente, ligue para (48) 2106-0141 ou mande um e-mail para vendas@cianet.ind.br.
      Estamos à sua disposição.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()