Blog

Como escolher o OTDR fibra óptica ideal

A fibra óptica é a tecnologia de internet banda larga que mais cresce no Brasil. No último relatório divulgado pela Anatel, em março deste ano (2019), foi constatado que a tecnologia para conexão via cabos metálicos está em gradual declínio, passando de 71,9% de share em 2007 para 41,9% em 2018. Já a fibra óptica tem atualmente 18,5% de share e está presente em 3.589 municípios brasileiros (64,4% do total). Muito desse crescimento se deve à presença dos pequenos provedores, que hoje têm um market share de 26,45%.

Com essa expansão da fibra, é preciso que os ISPs foquem em ofertar qualidade de produtos e serviços para estar à frente da concorrência. Neste post, vamos tratar especificamente do OTDR fibra óptica, que serve para fazer aferições de qualidade e manutenção da rede.

Funções do OTDR fibra óptica

O OTDR fibra óptica é um instrumento de medição utilizado para realizar uma inspeção de rede óptica, pelo princípio de Dispersão de Rayleigh – dispersão da luz ou qualquer outra radiação eletromagnética por partículas menores que o comprimento de onda dos fótons dispersados. Ele realiza a validação de orçamento de potência e de serviços técnicos prestados por terceiros de lançamento de fibra, apontando divergências entre o que foi planejado e o que foi efetivamente executado na rede.

O aparelho consegue determinar o comprimento de uma fibra e a sua atenuação total. Tendo acesso a apenas uma de suas extremidades, ele é capaz de fazer milhares de medições e verificar uma série de eventos, ou seja, perda de potência sofrida pela rede, como por meio de fusões, conectores, splitters, etc.. Sem a ajuda desse dispositivo, o provedor de internet terá dificuldades em encontrar pontos ou eventos de perda de potência na rede.

Embora existam outras formas de se realizar a certificação da rede, o OTDR é o método mais versátil para testar fibras ópticas durante a sua instalação, manutenção e restauração. Na implantação de um projeto óptico, o equipamento faz a leitura da rede, mostrando as perdas das emendas, por fusão ou conectorização, e dos cabos ópticos. Já na manutenção, ele permite saber com muita precisão onde há rompimentos e defeitos

Em resumo, o OTDR fibra óptica é extremamente importante para garantir uma rede eficiente e confiável, com o mínimo possível de inatividade. Basicamente, ele atua de duas formas:

Validação de rede

Ao validar uma rede, o OTDR informa a atenuação por quilômetro do cabo, os pontos de fusão, conectorização e toda perda relevante na rede. Com o resultado fornecido pelo aparelho, a instalação da rede pode ser apresentada e validada, evitando perdas com manutenção.

Identificação de rompimento de fibra

Ao se utilizar o OTDR para identificar o rompimento da fibra, o equipamento irá realizar o mesmo modo de verificação e leitura, sendo o último evento identificado como fim da fibra. Sabendo-se a metragem que a fibra tem, se o evento aferido for localizado em uma distância menor que o tamanho total do cabo, pode-se saber exatamente onde ocorreu o rompimento

OTDR fibra óptica: equipamentos disponíveis no mercado

Existem muitas dúvidas com relação ao OTDR mais adequado para cada rede. Abaixo, alguns critérios que você precisa pesar na hora de comprar o equipamento:

Alcance de rede

A distância de rede que um OTDR pode alcançar é um dos parâmetros a serem analisados. Mas vale lembrar que não é possível adquirir um OTDR apenas utilizando esse critério.

OTDR PON Fibra ativa

Um OTDR de fibra ativa não necessita que o sinal seja interrompido para a realização dos reparos da rede. É um equipamento utilizado em provedores que já estão em operação. Ele funciona enviando um comprimento de onda a 1625nm, e tem as mesmas características de um OTDR fibra apagada (abaixo), adicionada a função de fibra ativa.

OTDR PON Fibra apagada

Os OTDR de fibra apagada realizam as verificações com o sinal apagado, ou seja, é preciso desconectar uma porta PON da OLT para medir o trecho da rede (se a rede estiver em operação). A grande vantagem desse tipo de equipamento é a utilização em redes recém lançadas para validação e também para validar o serviço de empreiteiros que lançam cabo de fibra nos postes.  

OTDR PON Ponto a ponto

Um OTDR P2P(ponto a ponto) é uma ferramenta que agiliza a manutenção das redes de fibra óptica, especialmente em medições de trechos de última milha e P2P (ponto a ponto).

Após a escolha do tipo de OTDR a ser utilizado, é preciso verificar outros aspectos, que podem divergir de marca para marca:

  • Precisão
  • Range dinâmico
  • Comprimento de pulso
  • Zona morta
  • Número de pontos de amostragem
  • Possibilidade de acesso remoto
  • Disponibilidade de relatórios
  • Memória interna
  • Autonomia de bateria
  • Visualização da tela
  • Design do aparelho
  • Tipo de conector

O OTDR fibra óptica ideal para o pequeno provedor

O pequeno provedor que já está consolidado e em pleno funcionamento precisa necessariamente optar por um OTDR fibra ativa. Isso porque para operar um OTDR de fibra apagada ele precisará desligar a porta PON relacionada àquele trecho, e isso afetará todos usuários conectados a ela. Ou seja,para não descontinuar os serviços a nenhum usuário, é preciso validar a rede enquanto ela está em pleno funcionamento.

Outro ponto a se avaliar é que os provedores que atuam com fibra geralmente optam por topologia FTTx e com isso possuem splitters em suas redes, e, portanto o OTDR P2P não é recomendado, já que esse equipamento mede apenas de um ponto a outro. Nesse caso, o técnico precisará ir de caixa em caixa, retirar o splitter e medir o trecho desejado. Isso significa que para a medição da rede completa com um OTDR ponto a ponto, seriam necessárias muitas configurações adicionais, portanto, esse equipamento não é a melhor opção para uma rede PON.

Outro quesito bastante importante para o ISP é o range dinâmico do OTDR, ou seja, sua potência. É preciso adquirir um OTDR de pelo menos 36 dB, já que um equipamento menos potente pode não conseguir medir redes com uma splittagem de 64 ou 128 assinantes por porta PON.

Por último, é necessário verificar a maneira pela qual o equipamento mostra os resultados da medição. Uma imagem mais simplificada, como a visualização em diagrama de blocos se torna muito mais clara, identificando todos os splitters e eventos de forma didática é a melhor escolha. Esse tipo de OTDR fibra óptica facilita a vida do técnico e não demanda análises complexas sobre como e onde a rede está perdendo potência (ou como e onde estão ocorrendo os eventos).

A Cianet oferece os melhores equipamentos e soluções para os provedores de internet. Caso você tenha interesse em conhecer melhor nosso portfólio, navegue pelo nosso site ou entre em contato com nossa equipe de especialistas.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()