Blog

Internet via cabo ou Wi-Fi? Inovações que você precisa conhecer

A boa qualidade de conexão é uma premissa básica para os provedores de internet que se preocupam com a experiência do usuário. Nesse sentido, as redes wireless têm apresentado um desempenho cada vez melhor, com a vantagem de ter um baixo custo de implantação. Por outro lado, a internet a cabo (ethernet) continua a ter seu lugar no mercado, principalmente em função da segurança e estabilidade proporcionadas.    

A escolha por uma tecnologia ou por outra vai depender muito da necessidade do cliente e de como ele costuma acessar a internet. O objetivo é navegar por sites de informação e redes sociais? Assistir a vídeos em plataformas de streaming ou Youtube? Essas são algumas questões que devem ser analisadas na hora de decidir qual modelo adotar.

Neste artigo, vamos mostrar os principais benefícios de cada tipo de solução e para quais casos elas são indicadas.

Quais as vantagens e desvantagens da internet via cabo

Um dos principais diferenciais das redes cabeadas em relação às conexões wireless é a segurança no tráfego de informações. Isso porque ela exige a presença física para o acesso, ao contrário do Wi-Fi que funciona por meio de senha.

Elas são capazes também de oferecer um sinal muito mais limpo, sem interferências, porque estão ligadas diretamente no aparelho e não sofrem influência de obstáculos como paredes, móveis, etc. Além disso, possuem velocidades de upload e download sempre próximas dos limites máximo.

Por sua maior estabilidade e menor perda de pacote, as redes via cabo são recomendadas para quem precisa fazer grandes transferências de arquivos, deseja assistir a vídeos em resoluções muito altas ou jogar online.

Algumas desvantagens são o custo de instalação mais alto e a menor flexibilidade, já que os equipamentos precisam estar presos a um ponto de acesso. Além disso, muitas vezes é preciso fazer alguns ajustes físicos no espaço para que o cabo consiga chegar ao local exato.

Quais as vantagens e desvantagens das redes Wi-Fi

A liberdade para acessar a internet a partir de dispositivos móveis em qualquer lugar faz da rede Wi-Fi a alternativa ideal para quem precisa de flexibilidade. Com ela, é possível ter banda larga em vários dispositivos ao mesmo tempo, sendo muito mais prática do que a internet via cabo.

Como sua infraestrutura não requer grandes obras para a passagem de fios, o custo de implantação também cai bastante se comparado à rede cabeada. No entanto, ela pode não ser a melhor opção para quem precisa utilizar serviços de filme em streaming ou fazer o download de grandes arquivos.

Apesar de, na teoria, sua velocidade máxima ser de 6,5 Gbps, superior à ethernet (que fica entre 2,5 Gbps e 6 Gbps), seu potencial não é totalmente explorado por conta da saturação de canais, grande número de conexões por padrão e interferências.  

Uma possibilidade, então, é combinar os dois tipos banda larga: a internet via cabo e a wireless. Assim, um computador fica plugado em um acesso fixo e os outros aparelhos recebem o sinal por meio da conexão sem fio.

Como tornar a conexão de internet mais rápida e estável

Independentemente do tipo de acesso a internet adotado, há algumas formas de melhorar a conexão, tornando-a mais rápida e estável. O investimento em equipamentos de qualidade é um dos pontos mais importantes. O roteador de Wi-Fi, por exemplo, é determinante para uma navegação mais veloz e ajuda a evitar quedas de sinal.

Confira algumas características associadas a um produto inovador:

  • Conexão de qualidade com vários diversos dispositivos ligados simultaneamente;
  • Duas antenas de 5dbi cada e com tecnologia Multiple-Input, Multiple-Output;
  • Velocidade de conexão wireless maior que 300Mbps;
  • Firmware customizável (ajuda a oferecer um atendimento personalizado, além de reduzir a necessidade de visitas técnicas);
  • Gerenciamento remoto (melhora o serviço prestado ao cliente final, diminuindo o tempo de atendimento e os custos de deslocamento).

Por fim, para assegurar a qualidade da experiência do usuário, é recomendado que o provedor de internet faça a medição do QoE (Quality of Experience). O indicador é muito importante porque ajuda a avaliar a satisfação do usuário com relação ao nível de sinal, velocidade do Wi-Fi, performance dos dispositivos conectados ao roteador, entre outros pontos essenciais para uma boa conexão.

A Cianet tem uma linha completa de produtos para ajudar os provedores de internet a oferecerem uma conexão mais segura e rápida aos seus clientes. Conheça as nossas soluções.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()