Blog

Como escalar o provedor sem perder qualidade?

Esse é um ótimo momento para quem quer escalar o provedor. Mais do que nunca, a internet se tornou essencial para as pessoas de todas as idades e regiões do país. Mesmo pessoas vivendo em áreas mais afastadas, precisam de internet para comunicação, estudo, trabalho e entretenimento.

Porém, é preciso ter cuidado. A expansão para novas áreas deve ser feita de forma planejada para garantir que o provedor mantenha a qualidade do serviço e do atendimento ao cliente. Neste artigo, você vai entender melhor como escalar o provedor de forma organizada, planejada e segura para o seu negócio. Continue com a leitura e confira!

 

6 dicas para escalar o provedor oferecendo qualidade no serviço e no atendimento ao cliente

 

1. Comece pelo projeto de expansão

O projeto de expansão é um documento que vai orientar todas as suas ações. Ter tudo documentado é importante para saber quais passos seguir, buscar orientações, manter um histórico e analisar o que está saindo como planejado ou não.

Além disso, você consegue estruturar tudo que será preciso para a expansão, como equipamentos, formação de equipe, treinamentos etc.

A falta de um projeto de expansão impede que as ações sejam organizadas e controladas, fazendo com que você se perca entre o que foi feito e o que é preciso fazer.  Para montar o seu projeto, as próximas etapas que listamos a seguir serão fundamentais.

 

2. Faça um estudo de mercado

Escalar o provedor pode ser um desejo seu, mas você sabe se há espaço para esse crescimento na sua região? Um estudo de mercado vai proporcionar essas e outras respostas para que você consiga organizar a sua expansão.

A principal vantagem do estudo de mercado é que você tem uma visão do que as empresas concorrentes estão entregando e o que os clientes buscam. Dessa forma, pode encontrar lacunas e escalar o provedor se diferenciando. Além disso, consegue identificar em quais regiões há deficiência de atendimento e poder atacar essas áreas.

 

3. Um passo de cada vez

O estudo de mercado vai mostrar muitas deficiências do seu setor e é natural que você queira atender a todas elas, mas isso não será possível em um primeiro momento. Você terá que definir onde consegue atuar para levantar tudo que será necessário, tanto na aquisição de equipamentos, quanto na contratação de mão de obra.

 

4. Liste e orce os recursos necessários

Depois de definir onde vai atuar ou quais serviços vai agregar ao seu portfólio, você terá que fazer uma lista com tudo que será necessário e começar os orçamentos. Nesse levantamento, você deve incluir todos os equipamentos, licenças que precisará solicitar, profissionais que será necessário contratar, treinamentos para as equipes etc.

Faça um levantamento bem completo e mensure todo o investimento necessário. Com essas informações, você terá dimensão de quando vai precisar começar as contratações e os treinamentos, além de procurar os melhores fornecedores e outras atividades.

 

5. Escolha os fornecedores

Quem está no mercado há um tempo e quer escalar o provedor, já conta com fornecedores e tem alguma experiência com o processo de escolha. Esse é o momento em que você pode buscar novos fornecedores, testar o relacionamento e as entregas.

Porém, é preciso ter bastante cautela, pois a imagem da sua empresa não pode ser prejudicada. Por isso, avalie bem as opções, estude bastante sobre o fornecedor, saiba quais são as empresas que já são atendidas por ele e faça uma investigação completa. Isso dará maior segurança de que você conseguirá continuar atendendo o cliente com qualidade.

Leia também 5 motivos para seu provedor de internet ser parceiro de empresa reconhecida nacionalmente

 

6. Crie um padrão de atendimento

Se a sua empresa já oferece um bom atendimento, isso não pode mudar, a menos que seja para melhor. Por outro lado, se o provedor tem problemas com atendimento ao cliente, esse é o momento de melhorar essa imagem e isso deve ser feito antes da expansão. O motivo é bem simples: se em volume menor não é possível oferecer um bom atendimento, quando escalar o provedor a tendência é que os problemas com os clientes piorem.

Crie um padrão de atendimento e ofereça treinamento para sua equipe. O cliente deve ser colocado no centro do negócio. Isso quer dizer que todas as ações da empresa devem ser desenvolvidas para atender suas necessidades e solucionar suas dores. A resolução dos problemas do cliente deve ser uma prioridade para a sua equipe.

Na verdade, o ideal é que o cliente não tenha problemas com o seu serviço, mas quando tiver, que isso não seja prejudicial e sim algo a ser resolvido rapidamente.

Para que o cliente não enfrente problemas com o seu serviço, além de um bom atendimento, você deve ter uma boa infraestrutura. Ou seja, contar com equipamentos de última geração e alta qualidade.

 

Leia material completo e saiba como planejar a expansão do seu provedor

 

Provedores em expansão

Compartilhar:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()