Blog

Tendências que um diretor de tecnologia em provedor deve acompanhar

Soluções personalizadas, triple play e servicificação são alguns conceitos com os quais um diretor de tecnologia em provedor deve estar alinhado

A tecnologia, junto com a estratégia de atuação, é uma das espinhas dorsais de um provedor. Daí vem a importância do trabalho do diretor de tecnologia nessas organizações. Ele é responsável pelo alinhamento entre todos os sistemas usados internamente, garantindo a qualidade do serviço prestado, além de acompanhar novas compras e projetos internos envolvendo TI.

O cenário brasileiro de tecnologias para telecomunicações tem se movido com muita rapidez. Por isso, separamos três tendências que o CTO de provedor deve acompanhar (e, dependendo do caso, aplicar em sua empresa). São elas:

Servicificação nos fornecedores de tecnologia

A indústria de tecnologia e equipamentos está migrando da simples venda e representação de produtos para oferta de soluções na forma de serviço, a chamada “servicificação”. Os fornecedores brasileiros seguem cada vez mais nessa linha, oferecendo não apenas produtos, mas soluções.

Isso pode ter impacto positivo para o CTO que precisa de bons fornecedores de tecnologia. No lugar de apenas buscar peças ou equipamentos, por que não procurar empresas que entreguem soluções para problemas da sua organização? Esse perfil, muito comum no exterior, está cada vez mais frequente dentro do mercado brasileiro.

Solução de tecnologia personalizada para o mercado brasileiro

Um passo além da servicificação, observamos muitas empresas oferecendo soluções já adaptadas para a realidade e as necessidades do mercado brasileiro. Em alguns casos, até operações regionais são beneficiadas – algo extremamente positivo para um gestor de tecnologia em um provedor de pequeno/médio porte.

A “tropicalização” das soluções tecnológicas em telecomunicações é reflexo do amadurecimento do mercado nacional e das exigências das nossas empresas por tecnologias prontas para atender as especificidades do Brasil. Vale a pena procurar um fornecedor que já entregue soluções adaptadas ao mercado nacional.

Consolidação do triple play no Brasil

As quatro maiores operadoras de telefonia do País já oferecem pacotes para o consumidor com telefone fixo, TV por assinatura e acesso à internet. A oferta crescente de triple play se dá pelo amadurecimento do mercado e pelo avanço das tecnologias disponíveis no Brasil. Um exemplo: com o padrão GPON (ou GEPON) para redes de fibra óptica, é possível oferecer os três serviços de forma integrada, sem perda de qualidade de sinal na telefonia e com boa imagem para a TV, dado o uso de IPTV nesse sistema.

Restou alguma dúvida? Você tem acompanhado as novas tecnologias? Qual é a sua opinião? Poste logo abaixo, nos comentários.

Compartilhar:

1 comentário sobre "Tendências que um diretor de tecnologia em provedor deve acompanhar"

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()