Blog

Série Projetos de Integração: aplicações PON LAN em empresas

Hoje, vamos iniciar uma série especial chamada “Projetos de Integração”, onde trataremos da aplicação de redes PON LAN em diferentes verticais de negócios. Como já abordamos no blog, as redes PON LAN, ou POL (Passive Optical LAN) são redes internas baseadas em fibras ópticas, utilizadas principalmente em locais de grande expansão, como hotéis, hospitais e grandes empresas. São basicamente redes FTTx (Fibra até o x), sendo o x, no caso das PON LAN em empresas, os postos de trabalho dos funcionários, e, portanto, essas redes costumam ser chamadas de FTTd (Fiber to the desk ou “fibra até a mesa”).

As redes PON LAN em empresas estão cada vez mais em alta, substituindo as antigas redes de cobre, que, além de mais caras e mais deterioráveis, também sofrem interferência eletromagnética – em uma empresa industrial, por exemplo, com muitos equipamentos em funcionamento, isso é um grande problema.

Tecnicamente, as redes PON LAN em empresas funcionam por meio de uma plataforma de redes ópticas passivas, compostas por um concentrador (OLT) e os terminais de usuário (ONUs), que completam a solução integrando dados, voz, vídeo, sistema de segurança, sistema de automação, entre outros, tudo em uma única rede óptica passiva.

Benefícios das redes PON LAN em empresas

Menor custo de instalação e manutenção

Uma rede passiva possui muito menos equipamentos ativos e, portanto, é mais simples de instalar. Em vez de utilizar numerosos roteadores e switchers, as redes PON LAN em empresas utilizam splitters ópticos. As redes baseadas em fibra também ocupam menos espaço que as que usam cabos de cobre.

Redução de custos com energia

Em uma rede tradicional, seriam necessários switches Ethernet em diversos pontos. Nas redes PON LAN, é preciso apenas pequenos conversores próximos ao usuário final, reduzindo a necessidade de grandes equipamentos de rede. Isso também reduz gastos com refrigeração. Dessa forma, a tecnologia é mais verde que a baseada em cabos.

Mais segurança

A simplicidade da convergência das redes ópticas passivas as tornam mais rápidas e confiáveis, mas nem por isso podemos deixar de lado a parte que tange a segurança da rede. Em protocolos como GPON, podemos criptografar (ou embaralhar) o sinal advindo da fonte do usuário e entregá-lo dessa maneira na OLT, adicionando, assim, mais uma camada de segurança da informação em caso de interceptação desse sinal.

Maior cobertura

As redes tradicionais conseguem atingir apenas uma certa distância de um datacenter ou de um elemento ativo de rede, como um switch, por exemplo.  Essa arquitetura acaba criando uma estrutura de dados descentralizada ou requerer a instalação de mais estações, de acordo com o crescimento da empresa. Redes PON LAN em empresas possuem um maior alcance, com capacidade de conectar toda a organização por meio de múltiplos terminais.

Capacidade do projeto

É possível instalar redes PON LAN em empresas sem romper outras estruturas de internet e telecomunicações no mesmo local. Pode-se criar uma rede experimental independente, por exemplo, sem afetar outras redes metálicas já existentes.

Redução de cabos físicos

Em uma rede PON LAN em empresas, há uma significante redução de cabos, até 90%, dependendo da configuração, devido à possibilidade de splitagem do sinal de origem.

Inserção de mais serviços

As redes PON LAN permitem que mais serviços sejam inseridos sobre a mesma infraestrutura, de acordo com a demanda, não necessitando para isso de adição de mais cabos para os diferentes serviços. No caso de empresas, por exemplo, é possível criar uma TV corporativa e utilizar o sistema VoIP para telefonia.

Veja abaixo um exemplo de aplicação de redes PON LAN em empresas:

pon lan em empresas

Se quiser saber mais detalhes sobre a implantação de redes PON LAN em empresas, entre em contato conosco pelos comentários abaixo.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()