Blog

Gerenciamento de OLTs: entenda as principais configurações

Sociedades conectadas exigem que serviços melhores sejam ofertados. A demanda por fibra óptica tem crescido exponencialmente no país. Nesse sentido, aplicar o melhor gerenciamento de OLTs é uma forma de garantir o envio de um sinal de qualidade para cada um desses clientes. 

Nesse artigo, você vai entender mais sobre as tecnologias EPON e GPON e as configurações de OLTs e ONUs para atender um número maior de clientes e suas expectativas. Continue lendo e confira.

Entenda o funcionamento da Rede PON 

EPON é um tipo de tecnologia das Redes Ópticas Passivas (Passive Optical Network – PON), que utiliza fibra óptica (ODN) na arquitetura de redes de ponto-multiponto. As redes ponto-multiponto são as mais recomendadas para o consumidor residencial

A rede PON utiliza uma rede passiva entre os pontos de distribuição até o usuário final. Isso elimina a necessidade de energia elétrica na rede de distribuição, pois a comunicação é baseada na transmissão e recepção do sinal de luz. Não existe energia elétrica entre a OLT (concentrador do dispositivo) e a ONT/ONU (terminais e clientes).

A infraestrutura da rede EPON é menos complexa, pois sua tecnologia é anterior às das redes GPON. Por esse motivo, esse tipo de infraestrutura é montada por produtos mais acessíveis, mas que também garantem a qualidade da rede. Dessa forma, podem ser usadas tanto em grandes provedores, em projetos descentralizados e que utilizam várias OLTs,  ou ISPs (Provedor de Serviço de Internet) que atendem regiões menos densas, com 64 ONUs por porta, como é o caso dos condomínios.

Funcionamento das OLTs EPON (CTS2720 e E8PS)

O CTS 2720 é um equipamento stand-alone desenvolvido para atender uma concentração de

assinantes em pequena escala. O aparelho é muito fácil de instalar já que não exige a instalação de dois módulos separados. Além disso, suporta 2 portas EPON e permite a conexão de 128 ONUs (64 ONUs por porta). Conta ainda com 4 portas uplink, com funcionamento no modo combo, 2 interfaces metálicas RJ-45 Gigabit Ethernet e 2 interfaces SFP Gigabit Ethernet.

A OLT EPON E8PS gerencia o sistema de acesso dos clientes na rede óptica com entrega avançada de serviços triple play. Esse equipamento foi desenvolvido seguindo os padrões IEEE802.3ah, conta com 8 portas EPON e tem capacidade de 64 ONUs por porta. O aparelho é ideal para arquiteturas de rede ponto-multiponto, pois alcança até 20 km e permite acomodação em ambientes indoor e outdoor.

Entenda o funcionamento da Tecnologia GPON

As redes EPON e GPON são muito semelhantes, mas são algumas particularidades que vão ajudar na escolha por uma ou outra. As redes GPON (Gigabit Passive Optical Network/ Rede Óptica Passiva Giga-bit, em português) são redes com capacidade de tráfego de até 2,5 Gbps no sentido downstream e 1,25 Gbps no sentido upstream, normatizadas pelo órgão ITU-T G.984. 

A GPON oferece mais solidez e escalabilidade para a banda larga e, por isso, tem sido cada vez mais utilizada por provedores e administradores de redes nos últimos anos. Com a GPON, a eficiência do protocolo é maior. Isso quer dizer que a tecnologia transmite dados realmente úteis para o dispositivo e conta com uma infraestrutura mais enxuta, além de ser capaz de suportar múltiplos serviços.

Funcionamento da OLT GPON G8PSX

A OLT GPON G8PS é a opção ideal para arquiteturas ponto-multiponto de até 20km, pois além de oferecer um ótimo custo benefício, o equipamento conta com gerenciamento web embarcado. Isso quer dizer que não é necessário fazer a instalação de um cliente.

O aparelho também conta com largura de banda de 2.5Gbps downstream e 1.25Gbps upstream e segue os padrões ITU-T G.984 para entrega avançada de serviços triple play para redes FTTx.

Aprenda mais sobre ONUs com o “Guia completo dos diferentes modelos de ONU Cianet’.

onu

Dicas sobre utilização das redes EPON e GPON

A VLAN (rede local virtual) é uma segmentação de rede, feita de maneira virtual, que consiste em criar uma rede virtual dentro de um único equipamento. Várias VLANs podem coexistir em um mesmo comutador: switch, OLT, entre outros. Com o benefício de criar domínios de broadcast separados, aumento de desempenho dos dados trafegados, segmentação de problemas que proporcionam mais segurança para sua rede, pois o tráfego de uma VLAN imita o tráfego a domínios específicos.

Verifique a atenuação em sua rede para o bom funcionamento da sua rede PON. Respeite os padrões de atenuação exigidos pelos fabricantes. A OLT G8PSX já conta com um sistema de gerenciamento embarcado no equipamento, não sendo necessário instalar sistemas de gerenciamento em servidores ou computadores.

A escolha da tecnologia mais adequada para o tipo de rede e infraestrutura do provedor é fundamental. Ela vai determinar como será o gerenciamento de OLTs, além de ajudar no controle de custos e investimentos do negócio. Como falado anteriormente, a qualidade não é um fator de preocupação, pois tanto a rede EPON, quanto a rede GPON entregam uma conexão rápida e estável.

Quer aprender mais sobre o gerenciamento de OLTs? Inscreva-se no curso de formação continuada da Cianet!

Compartilhar:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()