Blog

Coronavírus: como provedores regionais podem apoiar e manter clientes nessa crise

Com o isolamento social forçado pela pandemia do coronavírus, foi inevitável o aumento do consumo de internet, que chegou ao recorde de mais de 11 Tbps no Brasil no fim de semana de 21 e 22 de março, segundo o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br).

As escolas fechadas obrigaram crianças a ficarem dentro de casa, fazendo crescer o consumo de vídeos do YouTube e de jogos de videogame online. Profissionais que passaram a trabalhar em home office estão usando com mais frequência os recursos de videoconferência, também fazendo aumentar o tráfego.

A crise mobilizou grandes operadoras a flexibilizar a oferta de internet para contribuir com o bem-estar dos clientes, garantindo aumento de velocidade da banda larga fixa, bônus de franquia nos planos de rede móvel e Wi-Fi sem custo em locais públicos.

No entanto, para provedores regionais, sabemos que aumentar a capacidade de internet sem custo não é uma alternativa simples para apoiar os clientes, embora tenha sido uma recomendação da Anatel.

Inclusive, a Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), representando ISPs de todo o país, chegou a solicitar ao Legislativo que não aprove o projeto que obrigaria empresas a manterem o serviço para usuários inadimplentes.

Afinal, a aprovação do projeto poderia levar ao fechamento de provedores regionais e à perda de milhares de empregos. O resultado seria uma sobrecarga no tráfego de redes, afetando a qualidade da internet que chega aos clientes.

Sendo assim, de que forma os provedores regionais podem se manter competitivos diante das medidas das grandes operadoras? Como apoiar os clientes nesse momento de crise, contribuindo para que fiquem em casa e impeçam o avanço do vírus? Selecionamos algumas dicas para você aplicar ao seu negócio. Confira.

4 dicas para o seu provedor enfrentar a crise do coronavírus

1. Fale com os clientes proativamente

Não espere que os seus clientes procurem o seu provedor pedindo cancelamento. Antes que isso aconteça, entre em contato para negociar um ganha-ganha. Ofereça um bom negócio para eles, seja por meio de uma entrega a mais ou um bônus depois que passar a quarentena. Isso não significa que você precisa agir como grandes provedores. Analise a realidade da sua empresa e verifique o que você pode oferecer para que nem o cliente nem você se sintam prejudicados.


Leia também Bom atendimento ao cliente: saiba como fidelizar o seu público

2. Pense em algo para surpreender

Essa é a hora de você mostrar ao seu cliente que ele fez a escolha certa optando pela sua empresa. Então, por que não surpreendê-lo com uma ação? Por exemplo, você pode fazer uma parceria com uma pizzaria da sua região e oferecer um voucher para os clientes, sugerindo que eles peçam a pizza em casa e curtam um filme na companhia da família. Sem dúvidas, seu provedor será lembrado pelos clientes por muito tempo devido a essa ação inesperada, contribuindo para a força da sua marca.

3. Ofereça créditos para serem usufruídos no futuro

Para evitar que os seus clientes cancelem a assinatura e corram para a concorrência e, caso o seu provedor não tenha condições de oferecer um bônus nesse momento de crise, negocie um crédito para o futuro. Por exemplo, garanta para esse cliente um pacote mais atraente do que o que ele assina pelo mesmo valor no mês seguinte. Assim, você não precisa se sacrificar agora, concedendo créditos para o cliente somente quando a poeira baixar. Um respiro para atravessar a crise sem muito prejuízo, né?


Leia também Provedores de internet na contramão da crise: 8 estratégias para continuar crescendo

4. Aceite que esse é um momento de crise

É muito importante que você entenda que o que estamos vivendo é um momento de crise e que isso, obviamente, vai exigir mais da sua empresa do que o normal. Isso quer dizer que inevitavelmente o seu provedor precisará ser mais flexível ao conceder esses bônus que estamos sugerindo. Mas tenha em mente que essa é uma crise para todos e que, portanto, estamos todos no mesmo barco, tendo que nos reinventar. A propósito, essa é uma ótima oportunidade para planejar inovações para o seu negócio.

Esperamos que essas dicas tenham sido úteis para te ajudar nesse momento. Nós, da Cianet, desejamos que seu provedor enfrente esse período com coragem e resignação. E conte conosco para te apoiar na busca de resultados sempre melhores.

Que tal já dar um passo à frente no seu negócio? Essa é uma boa hora para estudar novas possibilidades para o seu provedor. Baixe o infográfico “Tendências e novas tecnologias para o sucesso do seu provedor” e conheça as 7 tendências mais importantes do momento para você ficar de olho e garantir o sucesso da sua empresa. Assim, você já se prepara para quando a crise passar.

tendências para provedores

 

Compartilhar:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar Produtos ()