Atendimento Digital

OLT 2720 – Manual de Utilização Ferramenta EMS CTS 2720

Este Manual contempla as informações da versão 2.1.5 do Element Management System (EMS).

Dados para acesso ao equipamento.
– Via porta “Manager” – IP 192.168.120.100
– Via porta Uplink – IP 192.168.1.100
O sistema EMS é baseado em SNMP, portanto é necessário ter configurado as comunidades de escrita e leitura do SNMP no equipamento, por padrão os valores são “private” e “public” respectivamente.

GERENCIAMENTO DO OLT CTS2720 

Adicionando a OLT no EMS:

Primeiramente abra o “EMS Server” clicando no ícone abaixo criado na área de trabalho.

Logo após  você deve abrir o “EMS Client” clicando no ícone abaixo criado na área de trabalho.

Janela inicial do EMS.

Clique com o botão direito do mouse sobre a barra lateral de navegação, sobre o item “Top Tree” e escolha a opção de “Add Device”.

Outra opção é ir na barra de ferramentas em: Config>Add>Add Device.

Será aberta a janela de configuração da comunicação equipamento.

Altere o campo Device Type para EPON_1U (CTS 2720) ou EPON_2U(CTS 2780).

Preencha os “Device Name”, IP, “Read community” e “Write community” com os mesmos valores configurados no equipamento. Abaixo é apresentado um exemplo de configuração:

Por default o “Read community” = public e “Write community” = private

Logo após clicar em OK, é apresentada a listagem do equipamento.

 

GERENCIAMENTO DO CHASSI

Janela inicial do EMS.

Os níveis do gerenciamento são divididos em 3 níveis.

Nível 1 – OLT CTS2720 – Informações do Chassi
Nível 2 – Switch Control Card / Pon Card – Configurações e informações das placas Pon/Placa Switch controladora.
Nível 3 – ONU – informações do ONU conectada a OLT.

Device Information

Você poderá verificar os status do equipamento OLT GEPON de cada porta e de cada módulo do EMS. Ao clicar 2 vezes no ícone do OLT será aberta a janela de gerenciamento.

Na Janela Device Information, podem ser verificadas as informações atuais do equipamento.

Placa PON (PON Card)

Placa Switch Controladora(Switch Control Card)

Você pode acessar as janelas de gerenciamento das placas PON e da placa switch controladora, basta clicar 2 vezes na placa desejada.
As informações dos LEDs da OLT são atualizadas em tempo real. Se a OLT esta off-line é apresentada a imagem do equipamento em cinza conforme imagem abaixo.

CONTROL CARD MANAGEMENT

Ao dar um clique duplo sobre a placa switch controladora (Switch Control Card) será apresentada a janela abaixo:

Basic Information
Esta tela apresenta as informações de versão do chassi equipamento, configurações da rede. O usuário pode alterar as configurações da rede como IP, gateway, mascara de rede e etc (cpm0).

Net Interface Manage

Nesta tela é possivel modificar as configurações da interface de gerencimento dentro da rede (in-band manage – vi0). É possivel configurar vlan, IP, mascara de rede e gateway da interface.
NOTA: O equipamento possui 2 interfaces de gerenciamento configuráveis:
Port cpm0 (out-band) – Porta de Gerenciamento para gerenciamento apenas pela porta de gerência (Port MANAGE)
Port vi0 (in-band) – Gerenciamento através de uma interface interna da OLT, acessível pelas portas uplink e portas PON.

User Manage

Esta tela apresenta a lista dos usuários e suas permissões de acesso à gerência do equipamento.

Trunk Management

Trunk (port convergence) está pronta para combinar 2 ou mais interfaces físicas em uma lógica aumentando a largura de banda entre o switch e o enlace de rede. Quando configurado o modo trunk nas portas, ela combinas as bandas individuais das portas para uma lógica.

Esta configuração pode criar grupos trunk para as 8 interfaces uplink. O usuário pode escolher o método de balanceamento baseado em arquivo report recebido da porta, MAC address, endereço IP, camada de transmissão e número da porta, MAC+endereço IP, MAC+ camada de transmissão e número da porta.

VLAN Management

O usuário pode criar ou alterar configurações VLANs, gerenciando grupos de vlans por porta e membro porta untagged.

RSTP (Rapid Spanning Tree Protocol)

O STP (Spanning Tree Protocol) é um protocolo de rede que permite evitar loop na rede usando topologias de rede em anel para redes locais LAN. A base do STP é a prevenção de propagação broadcast. O STP permite criar um link redundante, com backup automático caso link falhe o outro caminho de link assume, sem risco de loop de rede e as configurações podem ser habilitadas ou desabilitadas manualmente.
Rapid Spanning tree (RSTP) é mais rápido, pois converge mais rápido na mudança da topologia da rede.

ONU Authority

Autorização de ONU adota modo White list e Black list. A placa Switch controladora autoriza a ONU sobre a porta PON através do endereço MAC. Endereços MACs listados na Black list são ilegais, enquanto os listados na White list são legais.

NOTA:
Endereço MAC listado na Black list deve ser adicionado uma vez ou adicionando um endereço alcançável.

Port Mirror

Port Mirror é usado para análise do trafego de rede ou monitoramento da rede, copiando todo o tráfego da porta em um determinado sentido ou vlan.

Configure a porta destino para o tráfego a ser espelhado. 

IGMP Snooping Config

O IGMP Snooping Config é usado para o controle multicast de uma determinada vlan.

PORT

Port Properity

Parâmetros da porta Uplink.

O gerenciamento das interfaces são feitas nos 16 index pelas portas incluindo:

Speed Config: 10Mb/100Mb/1Gb/10Gb/auto (auto negociação)
Duplex Config: full duplex/ half duplex / auto (auto negociação)
Flow control: enable/disable/auto (auto negociação)
Port priority: 0~7
Port VID: 1~4094.
Port enable: enable/disable
Ingress Filter: enable/disable
Permit Frame Type: tagged/untagged/allType
Nest VLAN: enable/disable
Broadcast Rate Control: enable/disable
Multicast Rate Control: enable/disable
Unknown Unicast Rate Control: enable/disable
Inhibition Rate: 1~100000

Port Status

Port Status apresenta os status operante das portas uplink.

GERENCIAMENTO DA PLACA PON

Ao dar duplo-clique sobre a placa PON (PON card) será apresentada a tela a seguir.

Basic Information

A tela apresenta as informações da placa PON, como versão firmware e Runnin Time (tempo de operação).

Interface Information

A tela apresenta as informações da porta PON.

Bridge Config

A tela apresenta as configurações de bridge sobre a porta PON.

Onu To Onu

Configuração para bloqueio/habilitar a interação das ONUs nas 2 portas PON

disable: função desabilitada, ONUs sobre a mesma porta PON não se interagem entre si.
enable: função habilitada, ONUs sobre a mesma porta PON consegue se interagir e se enxergam.

Link Config

Nesta opção você configura o tamanho da tabela MAC de cada LLID.

LINK SLA

Acordo de nível de serviço (Service Level Agreement), apresenta o nível de serviço sobre as porta PON.

NOTA:
O parâmetro “delay” pode ser alterado entre os valores “tolerant” e “sensitive”.
Sensitive: o mínimo de garantia de banda (MIN Guaranteed Bandwidth) é igual ao máximo de banda permitido (Max allowed Bandwidth).
Tolerant: somente nesta opção vocâ pode alterar o valor de mínimo e máximo de banda garantida.

Mínimo de banda garantida ≤ Máximo de banda permitida

GERENCIAMENTO DO ONU

Ao dar duplo-clique sobre a ONU será aberta a seguinte janela.

Basic Configure

A interface apresenta o status dos LEDs dos links da ONU e as informações sobre versões atuais do Firmware, hardware e endereço Mac do equipamento.

Advanced Configure

A tela apresenta as configurações de RSTP e Port protection na ONU.

ONU Port Manage

Gerenciamento das portas da ONU.

Nesta tela é possível alterar as configurações da porta LAN da ONU como port speed, duplex, flow control. As configurações manuais de velocidade são habilitadas ao alterar o parâmetro UNI Port Auto-negotiation para disable.

ONU BridingMode

Configuração do modo de operação da bridge das interfaces da ONU.

O BridingMode possui 2 modos de operação, “d8021mode” e “dropUntilLearn”.
No modo “d8021mode” é transmitido em broadcast o endereço Mac não aprendido.

MAC Address Management

Nesta tela é possível visualizar os endereços MACs registrados na ONU. Clique em “Clear” para limpar os endereços inativos na porta.

ONU Loopback Test

Esta opção não opera para as ONUs modelos CTS2701b e 2702, somente em CTS 2702B, 2702C e 2702D.

ONU ACL

Configure as regras e parâmetros para os tráfegos nas portas da ONU.

ONU VLAN

Opção não funciona para as ONUs modelos CTS2701B e CTS2702, somente para ONUs CTS 2702B, 2702C e 2702D com o ONU Firmware Revision Vc2.42.

ONU Queue Manage

IGMP SNOOPING

IGMP Global Parameter

Opção é utilizada para a configuração do modo que o multicast irá funcionar.

IGMP Port Config

Opção é utilizada para a configuração da porta da ONU que ira trafegar o multicast.

LOGIC LINK

Link MAC Manage

Esta tela apresenta os links idetificados na ONU e os MACs registrados no equipamento.
Clique no botão “Refresh” para visualisar os MACs.

Block Link Manage

Nesta tela é possivel bloquear os links das portas e desbloqueá-las.

Link SLA

Esta configuração é idêntica ao aplicado na placa PON. (vide o cap.4.5.1)
Acordo de nível de serviço (Service Level Agreement), apresenta o nível de serviço sobre as porta PON.

NOTA: 
O parametro “delay” pode ser alterado entre os valores “tolerant” e “sensitive”.
Sensitive: o mínimo de garantia de banda (MIN Guaranteed Bandwidth) é igual ao máximo de banda permitido (Max allowed Bandwidth).
Tolerant: somente nesta opção você pode alterar o valor de mínimo e máximo de banda garantida.

  • Mínimo de banda garantida ≤ Máximo de banda permitida

 

Aplicação

Aplicação para Rede de Dados

Para uma rede de dados deve-se utilizar a seguinte topologia:

 

Aplicação para serviço triple-play

Para serviço triple-play (DADOS+TV+Telefonia Voip):

Comparar Produtos ()