Por que ter um roteador wi-fi de qualidade faz a diferença?

Por que ter um roteador wi-fi de qualidade faz a diferença?

por Cianet | 13.07.18 | em Infraestrutura e tecnologia

Você está satisfeito com a qualidade do seu roteador wi-fi? A escolha do equipamento ideal pode ser determinante para que a conexão de internet funcione com rapidez e sem interferências. Problemas com estabilidade de sinal, quedas na conexão e velocidade são algumas das situações que provocam insatisfação dos usuários, segundo pesquisa divulgada pela Anatel.

Isso acontece porque quando o consumidor recebe velocidade inferior à contratada, a reclamação pode recair ao provedor que prestou o serviço. No entanto, é possível que a raiz do problema esteja na residência do cliente: equipamentos de baixa qualidade, muitos dispositivos conectados ao mesmo tempo e até a posição do roteador interferem na qualidade do sinal.

Melhorar o desempenho da banda larga e oferecer um suporte rápido e eficaz ao cliente é imprescindível para alcançar a excelência no atendimento e evitar que a insatisfação persista, ocasionando o cancelamento do plano contratado. Por essas razões, o roteador wi-fi é uma peça-chave nos negócios.

O impacto da qualidade do roteador wi-fi no provedor

Como podemos constatar, um roteador wi-fi de baixa qualidade influencia diretamente em uma experiência de navegação precária. Por esse motivo, os provedores de internet devem adotar medidas simples para solucionar esse impasse, como, por exemplo, investir em um novo modelo de roteador wi-fi potente com uma capacidade mais alta e múltiplas bandas.

Além de diminuir a necessidade de assistência técnica, essa alternativa pode suprir o aumento da demanda por TVs conectadas e serviços de streaming de vídeo e da quantidade de dispositivos conectados por rede.

Ficou interessado e quer saber como seu provedor de internet pode melhorar a experiência do cliente? Confira os diferenciais que um roteador wi-fi de qualidade deve oferecer.

Roteador wi-fi de qualidade: diferenciais que um equipamento deve oferecer

O primeiro passo para oferecer um serviço de internet de qualidade é investir em equipamentos mais potentes que melhoram o desempenho da rede e garantem maior rapidez das conexões. Depois de adotar um roteador wi-fi de qualidade, é importante capacitar a equipe para não errar na hora da instalação. Por exemplo, um dos problemas que podem interferir na conexão está na posição do roteador. O alcance do sinal e o próprio desempenho são afetados simplesmente por causa do local em que o equipamento está instalado.

Outra dica importante é promover parcerias com empresas que ofereçam roteador wi-fi de qualidade a preços mais competitivos. É sempre bom estar de olho nas vantagens que o mercado está oferecendo, o que diz muito sobre os lançamentos de equipamentos. Por isso, iremos listar alguns dos pontos que, atualmente, compõem um produto inovador:

  • um roteador wi-fi de baixo custo é uma grande tentação, mas deve estar aliado com inovação e uma entrega diferenciada para o cliente;
  • a realização do atendimento simultâneo de até 25 dispositivos (desktops, notebooks, tablets, smartphones, smart TVs, etc) é um dos principais destaques para provedores de internet procurarem em um roteador wi-fi;
  • dois ótimos pontos para o provedor avaliar: velocidade de conexão wireless (maior que o padrão 300 Mbps, alcance máximo que o roteador pode fornecer) e capacidade ampliada para fazer múltiplas conexões;
  • compatibilidade com os protocolos e padrões predominantes, como IPV4, IPV6 e 802.11.n;
  • funções de gerenciamento (local e remoto) e interface de gerência local personalizada;
  • porta WAN 10/100/1000, para receber sinal via cabo ou, caso o modem emita via wi-fi, funcionar como repetidor do sinal;
  • antena de 5dBi, para aumentar a transmissão e recepção de dados com maior força e alcance;
  • de 3 até 4 Portas LAN 10/100 Mbps.

O seu roteador wi-fi está dentro das tendências de qualidade? Conheça outras especificidades técnicas que fazem parte de novos produtos e serviços.