Quais as oportunidades que um provedor de serviço de internet está perdendo por não conhecer seu público

Quais as oportunidades que um provedor de serviço de internet está perdendo por não conhecer seu público

por Mariana Forlin | 20.01.17 | em Análise de Dados e Estratégia

Escrito por Mariana Forlin, Inteligência de Mercado na Cianet.

Qual o perfil do cliente do seu negócio? Quando ele mais compra? Quais são suas necessidades? Se você não sabe responder a essas três perguntas, talvez esteja perdendo dinheiro. Isso porque identificar o cliente ideal pode trazer muitos benefícios para o seu  provedor de serviço de internet,  entre eles criar estratégias de vendas direcionadas e de marketing personalizado. Mas como isso é possível?

O grande responsável por esse direcionamento é o tratamento dos dados que são armazenados diariamente por meio da  navegação na internet, nas curtidas e compartilhamento nas redes sociais, na visualização de vídeos, entre outras ações. Para você ter uma ideia, uma pesquisa divulgada pela Accenture High Performance Delivered apontou que até 2020 serão criados cerca de 2 MB de novas informações por segundo para cada indivíduo do planeta, mas que apenas 35% deles serão úteis para análise. O estudo mostrou também que até hoje, apenas 0,5% dessas informações foram examinadas e que 92% dos executivos entrevistados, que tomam decisões baseadas em dados, estão satisfeitos com os resultados alcançados.

Mas o que fazer com tudo isso? Como essas informações podem ser úteis para meu provedor de serviço de internet? A resposta para essas perguntas você encontrará ao longo do post.

Big data para provedor de serviço de internet

A primeira coisa que precisamos ter em mente é que um conjunto de dados sem tratamento e análise é só um monte de números na memória do computador. O big data chegou, e ajuda a arrumar a casa e vender mais. Mas o que é esse tal de big data, afinal? Em resumo, é analisar com rapidez e confiabilidade todas essas informações “perdidas” na rede: histórico de compras em e-commerce, informações de geolocalização, curtidas nas redes sociais, etc. Esse estudo é feito por meio de tecnologia de ponta e o grande objetivo é identificar tendências e traçar estratégias para tomadas de decisão mais assertivas.

Quando um provedor de serviço de internet utiliza dados para auxiliar nas estratégias, conhece melhor o seu público e ao fazer isso, pode não apenas conquistar novos clientes, mas também criar campanhas para fidelizar a base atual. Confira abaixo algumas formas de colocar isso em prática:

Entenda o comportamento do seu público

Saber como o consumidor pensa e o que ele precisa da sua empresa, sempre garante vantagens competitivas em um mercado tão disputado quanto o dos provedores de serviço de internet. As ferramentas de big data são grandes aliadas nessa hora, já que além de reunir informações, também organizam e categorizam esses dados. Assim, fica mais fácil para  a gestão interpretar esses dados com mais praticidade e desenvolver estratégias mais direcionadas para atrair e fidelizar clientes.

Crie campanhas de marketing segmentadas

Nós já explicamos no blog porque é importante investir em marketing digital para provedores de serviço de internet, falamos sobre a mudança no comportamento do consumidor e na importância da segmentação dos clientes. No entanto, esse trabalho é otimizado se for criado com ajuda do big data. Você pode por exemplo, analisar se determinado cliente tem extrapolado o limite de dados com frequência e oferecer um pacote mais robusto para ele. Da mesma forma, saber as preferências de quem usa o seu serviço  permite que a empresa entre em contato por meio do canal de comunicação que ele mais utiliza. Afinal, por que ligar para um cliente que prefere receber um e-mail? Compreender os interesses do seu público-alvo torna a prospecção mais assertiva e reduz o esforço da sua equipe de vendas.

Alinhar estratégias

Você sabe de onde vem a maioria de seus clientes? Redes sociais? Pesquisas no Google? Não? Então está realmente na hora de analisar dados. O big data contribui no alinhamento de estratégia, tanto para mensurar se as ações de marketing estão dando certo, quanto para descobrir de onde estão vindos os clientes. Com base nesses dados é possível criar estratégias que atendam às expectativas de seus consumidores. Lembra da pesquisa que falamos no início do texto? Mais da metade (56%) dos entrevistados afirmaram criar novas fontes de receitas com ajuda do big data. É de se pensar, não é mesmo?

E você, já conhece o público ideal do seu negócio? Se você ainda tem alguma dúvida, veja como funciona o funil de vendas para os provedores de serviço de internet.